Salve salve!

Este é um problema que assombra diversos desenvolvedores.

Temos um formulário, que será submetido para mesma página, em que ele se encontra:

<form action="" method="post">
		<input type="text" name="ae" value="ae" />
		<input type="submit" name="enviar" value="enviar" />
	</form>

Até ai tudo bem. Se pudessemos redirecionar o usuário para outra página, não teríamos o ‘problema do F5’.

Mas se não pudermos fazer isso, o form está na index.php, essa mesma processa os dados enviados, e ela mesma vai mostrar o sucesso ou falha da requisição.

Logo, precisamos notar que não adianta apenas tentar apagar o post enviado:

unset( $_POST );

O unset(), apenas vai liberar memória do servidor, pois quando o usuário apertar F5, quem vai enviar o POST novamente, é o navegador.

Poderíamos ter uma SESSION simples, do tipo: $_SESSION[‘ja_enviado’];

Se ela tivesse com o valor ‘true’, poderíamos desconsiderar a requisição.

Mas, numa situação em que o usuário pode querer realmente enviar novamente o formulário(via submit), essa ‘ja_enviou’ não resolve a questão. Não existe nenhuma diferença nos cabeçalhos da requisição, entre um submit via form, e um refresh que reenvia um submit.

Então, precisamos criar essa diferença, ou seja, distinguir, se a requisição atual, é a mesma da vez passada ou não.

<?php
	session_start();
	
	if( $_SERVER['REQUEST_METHOD']=='POST' )
	{
		$request = md5( implode( $_POST ) );
		
		if( isset( $_SESSION['last_request'] ) && $_SESSION['last_request']== $request )
		{
			echo 'refresh';
		}
		else
		{
			$_SESSION['last_request']  = $request;
			echo 'post';
		}
	}
?>
	<form action="" method="post">
		<input type="text" name="ae" value="ae" />
		<input type="submit" name="enviar" value="enviar" />
	</form>

=) Feito.

Nossa string guardada na session, vai impedir também que requisições iguais sejam enviadas(mesmo que ambas via submit).

O que não chega a ser ruim pois, se o cara já enviou uma vez, e sei lá, gravamos no banco, não tem sentido reescrevermos o mesmo dado de novo no banco, sendo que ele já está lá.

É isso galera.

A referência que pesquisei qndo precisei resolver essa situação está aqui:

http://pt.w3support.net/index.php?db=so&id=456841

Afinal, muito dificilmente seremos os primeiros a nos deparar com uma ‘situação problema’. E já que é assim, provavelmente alguém já o tenha solucionado. Fica a dica: pesquisem! =)