Ótimo post do Zeno Rocha sobre o Coffee Script. E isso foi a quase 2 anos atrás.
Então por que, eu, estou nos dias de hoje falando sobre isso ?

CoffeeScript

Antes de vir me xingar e dizer que eu sou um idiota, olha a categoria em que escrevi esse post: Opinião. Então vc pode concordar, discordar mas não sem ter argumentos. Diga a sua opinião, mas argumente sobre ela.

Uma linguagem que compila para javascript. Ok, mas pra quê ?

Produtividade

Produtividade é o que alguns dirão. Mas é realmente eficiente escrever em uma sintaxe enxuta (leia: com menos caracteres), que nada tem a ver com as outras linguagens do nosso dia a dia ?

Onde fica a “clareza do código” depois que trocamos functions por -> ?

Existem autocompletes para todas as linguagens, então por que nos preocupar em “digitar menos” ?

Manutenção

E ai ? como fica ?
Ninguém parou para pensar ? eu estudei C e Assembly no curso técnico, tive Java na faculdade e escolhi php para iniciar uma vida profissional de programador.
A sintaxe parecida do c, java e php me ajudaram a migrar de linguagens mais rapidamente. E como fica a sintaxe do coffee script ? pra quê ela serve ? na minha opinião: para nada.

Ruby e Python possuem propostas interessantes, e não estou falando deles aqui, ok ?

Geração Framework

E ai começam a aparecer DEVs que só sabem jQuery (que é uma biblioteca) e nunca viram uma linha de javascript raw. Já já teremos relatos daqueles que só sabem CoffeeScript, e que terão um longo caminho reverso para aprender a base.

Essa é a geração fw. Aquela que só conhece um certo fw. Que sem ele fica perdida.
Eu já discorri sobre isso.

Tenham em mente que o que fica é a linguagem base, o javascript. E não os frameworks, não os pre compiladores. Estes, vem e vão todos os anos.. morrem, nascem, mas as linguagens bases continuam evoluindo, mudando e ganhando mais força.

Por isso que sempre digo para escolher aprender bem a base. Aprender lógica, algorítmos, vanillajs, estudar padrões de projeto e ter um código limpo.

Conclusão

Quando essa moda acabar, ai teremos novamente órfãos de uma “modinha” que só chegou para sujar o mercado de trabalho. E estes ai, terão que estudar algo que já deveriam saber, ou então procurar uma nova moda para se apegar.

Lembro que no início CoffeScript não passava apenas de uma piada… hoje em dia, só ficou mais engraçada.